23 FEV 2019 | ATUALIZADO 18:10
MOSSORÓ

Servidores prometem protestos contra congelamento de salários durante o "Chuva de Bala"

Em assembleia, os servidores decidiram não deflagrar, por enquanto, greve por tempo indeterminado, mas vão continuar realizando atos de protesto contra o congelamento de salários por parte da Prefeitura de Mossoró.
Da redação
12/06/2018 06:37
Atualizado
13/12/2018 06:16
A+   A-  
Servidores prometem protestos contra congelamento de salários durante o "Chuva de Bala"
Assessoria Sindiserpum
Em assembleia realizada nesta segunda-feira, 11, os servidores públicos municipais decidiram realizar uma série de protestos durante os festejos juninos do Mossoró Cidade Junina 2018. Eles também descartaram, pelo menos por enquanto, greve por tempo indeterminado.

Segundo o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró (Sindiserpum), o protesto é contra o congelamento dos salários por parte da Prefeitura de Mossoró, sucateamento dos serviços públicos, desvalorização e desrespeito da gestão Rosalba Ciarlini com os servidores e população.

O primeiro protesto está marcado para o próximo dia 21 de junho, durante o espetáculo "Chuva de Bala no País de Mossoró", que acontece de quinta a domingo em frente à Igreja de São Vicente, no Centro.

"Mesmo indignados, os servidores entenderam que não tinha força suficiente para uma greve por tempo indeterminado. Compreenderam que por mais que tivessem coragem de lutar, não podiam fazer sozinhos, pois precisam da ajuda dos demais companheiros para mudar a realidade da opressão e desvalorização”, avaliou Marleide Cunha, presidente do Sindiserpum.

Notas

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário