04 MAR 2021 | ATUALIZADO 09:43
POLÍTICA
01/01/2021 07:47
Atualizado
01/01/2021 07:51

Em momento histórico, jovem de família humilde assume Prefeitura de Mossoró

A+   A-  
Primeiro serão empossados os 23 vereadores eleitos em sessão realizadas no Teatro Dix Huit Rosado às 14h30. Depois, às 18h, os 23 legisladores vão empossar o prefeito eleito e diplomado Allyson Bezerra, nasceu e cresceu na comunidade do Chafariz, estudou, se graduou, se tornou servidor federal, deputado estadual e agora prefeito de Mossoró
Imagem 1 -  Allyson Bezerra e o vice-prefeito Fernandinho em ato de diplomação no Fórum Municipal de Mossoró
Allyson Bezerra e o vice-prefeito Fernandinho em ato de diplomação no Fórum Municipal de Mossoró
Ascom

O deputado estadual Allyson Bezerra (SD) e o empresário João Fernandes de Melo Neto, “Fernandinho” (PSD), tomarão posse nos cargos de prefeito e vice-prefeito de Mossoró, respectivamente, nesta sexta-feira (1º), 18h, no Teatro Municipal Dix-huit Rosado, iniciando uma nova história política.

O novo prefeito tem apenas 28 anos. É engenheiro civil servidor público federal, lotado na Universidade Federal Rural do Semi Árido. Antes de vencer a campanha contra o poderoso grupo liderado por Carlos Augusto Rosado, Allyson Bezerra havia feito uma bela e vitoriosa campanha para deputado estadual. 

Natural da localidade de Chafariz, uma comunidade bem humilde que fica entre as cidades de Upanema e Mossoró, Allyson Bezerra chega ao Palácio da Resistência com uma proposta de gestão inovadora, prometendo romper com forma de fazer politica. Acredita que assim vai transformar Mossoró.

Sem recursos e estrutura, fez a campanha histórica com ajuda de amigos e caminhando 14 km por dia, conquistando 65.297 votos, contra 59.054 da então prefeita de Mossoró Rosalba Ciarlini, que sempre foi imbatível nas urnas em sua cidade.  Deixa a cidade com inúmeros problemas estruturais e uma dívida que se aproxima de 500 milhões.

Veja mais
"Fizemos história", diz Allyson Bezerra ao agradecer aos mais de 65 mil votos conquistados em Mossoró

Após a eleição, Allyson Bezerra formou a comissão de transição, apresentou a então prefeita Rosalba, requerendo na ocasião, por ofício, os documentos públicos da gestão municipal para iniciar seu planejamento para o início de gestão a partir do dia 1 de janeiro, quando seria empossado no cargo pelos 23 vereadores eleitos.

A equipe de transição de Rosalba Ciarlini, comandado por Dr. Anselmo Carvalho, impuseram dificuldades ao máximo para entregar dos documentos, sendo necessário o advogado Raul Santos, coordenador da Comissão de Transição de Allyson Bezerra, acionar a Justiça para ter acesso aos documentos públicos.

Seguindo o que determina a Legislação, a justiça determinou que a prefeita Rosalba Ciarlini, através de sua comissão, entregasse os documentos públicos ao prefeito eleito Allyson Bezerra num prazo máximo de 72 horas.

Veja mais

Justiça dá prazo de 72 horas para Rosalba entregar os documentos a Allyson

Os assessores de Rosalba agendaram reunião na Secretaria de Planejamento para entregar os documentos no dia 30. Nenhum compareceu. Remarcaram para entregar ao meio dia do dia 31 e novamente não entregaram. Pediram para entregar de 15 horas da tarde do dia 31 de dezembro e novamente não entregaram. 

Veja mais

Equipe de Rosalba fura reunião marcada para entregar documentos a Allyson

O prefeito eleito e diplomado Allyson Bezerra e seu vice-prefeito Fernandinho convidaram os 23 vereadores para visitar escolas, unidades de saúde, secretárias e praças, logo no primeiro dia de trabalho, assumindo em sua primeira reunião de trabalho com o Legislativo, o compromisso de fazer todo o esforço possível para transformar a cidade de Mossoró.

Em reunião prévia com várias autoridades, incluindo o presidente Bolsonaro, Allyson Bezerra disse que vai bater na porta de todas as instâncias possíveis para conseguir o que precisa para administrar Mossoró. 

Veja mais

"Serei o prefeito mais pidão deste pais", disse Allyson aos 23 vereadores fazendo referência a sua primeira conversa com o presidente Jair Bolsonaro após eleito

Chegado ao dia 1o de janeiro de 2021, Allyson Bezerra, eleito e diplomado prefeito, deve ser empossado no cargo pelos 23 vereadores eleitos pela população de Mossoró para a próxima legislatura. 

Primeiro os 23 vereadores vão tomar posse, às 14h30, em sessão presidida pelo vereador Raerio Araújo, que é o mais velho entre os 23 eleitos, no Teatro Dix Huit Rosado. Na ocasião, será eleito o presidente da Câmara/mesa diretora.  Em seguida, às 18 horas, os vereadores voltam a se reunir para empossar Allyson Bezerra no cargo de prefeito. 

Em razão da pandemia de Covid-19, a solenidade terá acesso restrito de público, com uso obrigatório de máscara, álcool 70%, verificação de temperatura corporal, distanciamento e outros protocolos de biossegurança.

A sessão solene será transmitida ao vivo pela TCM Telecom, pelo canal 1 do assinante, pela TV Câmara Mossoró (canal 23.2) e pela Internet, no canal do Youtube TV Câmara Mossoró.


Segundo momento

Após a posse no Teatro Dix-huit Rosado, Allyson Bezerra e Fernandinho participarão da transmissão oficial do cargo, no Palácio da Resistência, sede do Executivo Municipal, onde receberão as chaves da Prefeitura.

Para o futuro prefeito, será um momento histórico. “Pela primeira vez, um filho de agricultor, nascido e criado na zona rural, comandará os destinos de Mossoró. Os desafios são imensos, mas a disposição é maior para fazermos uma gestão eficiente e moderna”, assevera Allyson.

Notas

Posto JP Fevereiro de 2021

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário