24 JUN 2024 | ATUALIZADO 16:24
MUNDO
20/05/2024 07:30
Atualizado
20/05/2024 07:30

TV estatal iraniana confirma morte do presidente Ebrahim Raise, de 63 anos

A+   A-  
O presidente do Irã estava retornando de helicóptero da inauguração de uma barragem perto da fronteira do Azerbaijão, quando ocorrido uma forte neblina e a aeronava caiu numa região montanhosa. Além do presidente Reise, a tripulação morreram também Hossein Amirabdollahian, Malek Rahmati e Hojjatoleslam Al Hashem. O líder supremo do Irã, Ali Khamenei, nomeou o 1º vice-presidente, Mohammad Mokhber, para o cargo, decretou luto de cinco dias e deve determinar novas eleições em 50 dias. Informações da Irna News Agency.
Imagem 1 -  O presidente do Irã estava retornando de helicóptero da inauguração de uma barragem perto da fronteira do Azerbaijão, quando ocorrido uma forte neblina e a aeronava caiu numa região montanhosa. Além do presidente Reise, a tripulação morreram também Hossein Amirabdollahian, Malek Rahmati e Hojjatoleslam Al Hashem. O líder supremo do Irã, Ali Khamenei, nomeou o 1º vice-presidente, Mohammad Mokhber, para o cargo, decretou luto de cinco dias e deve determinar novas eleições em 50 dias. Informações da Irna News Agency.
O presidente do Irã estava retornando de helicóptero da inauguração de uma barragem perto da fronteira do Azerbaijão, quando ocorrido uma forte neblina e a aeronava caiu numa região montanhosa. Além do presidente Reise, a tripulação morreram também Hossein Amirabdollahian, Malek Rahmati e Hojjatoleslam Al Hashem. O líder supremo do Irã, Ali Khamenei, nomeou o 1º vice-presidente, Mohammad Mokhber, para o cargo, decretou luto de cinco dias e deve determinar novas eleições em 50 dias. Informações da Irna News Agency.
Reprodução Irna News Agency

A TV estatal do Irã (@IrnaEnglish), confirmou nesta segunda (20) a morte do presidente Ebrahim Raise, de 63 anos, na queda do helicóptero que viajava neste domingo, 19.

A aeronave teria caído em função de uma forte neblina numa região montanhosa, quando a comitiva presidencial, composta por 3 aeronaves, retornava da inauguração de uma barragem na província iraniana do Azerbaijão Oriental.

Além dos tripulantes da aeronave, faleceram também o chanceler do Irã, Hossein Amirabdollahian, o governador da província iraniana do Azerbaijão Oriental, Malek Rahmati; e o líder religioso Hojjatoleslam Al Hashem.

Os outros dois helicópteros da comitiva conseguiram pousar.

Com a confirmação da tragédia, o líder supremo do Irã, Ali Khamenei, nomeou o 1º vice-presidente, Mohammad Mokhber, para o cargo, e decretou luto de cinco dias.

Mohammad Mokhber deve convoca novas eleições em até 50 dias.

Com informações da TV Estatal Iraniana Irna News Ageny, Agência Brasil e G1

Notas

Relativa

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário