01 MAR 2024 | ATUALIZADO 23:52

COLUNA ESPLANADA

  Parlamentares bolsonaristas não escondem o temor da Operação Lesa Pátria após a devassa – busca e apreensão –, na sexta-feira, 19, contra o deputado Carlos Jordy (PL-RJ) autorizada pelo ministro do STF, Alexandre de Moraes. Isso porque também trocaram mensagens – cujo teor só eles sabem – com acusados de terem atuado no quebra-quebra da Esplanada em 8 de janeiro. A operação está na 24ª fase e terá mais algumas pela frente. Os deputados pressionam para que o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), que não deu um pio até agora, se pronuncie e saia em defesa dos parlamentares da Casa. Em tempo: Lira sequer foi avisado sobre a operação pelo ministro Moraes. Em outra frente, a oposição pressiona Lira para colocar em pauta, na volta do recesso, a proposta que limita decisões monocráticas de ministros do STF.
[Coluna Esplanada] O temor de parlamentares bolsonaristas com a Operação Lesa Pátria

23/01/2024 11:30

Parlamentares bolsonaristas não escondem o temor da Operação Lesa Pátria após a devassa – busca e apreensão –, na sexta-feira, 19, contra o deputado Carlos Jordy (PL-RJ) autorizada pelo ministro do STF, Alexandre de Moraes. Isso porque também trocaram mensagens – cujo teor só eles sabem – com acusados de terem atuado no quebra-quebra da Esplanada em 8 de janeiro. A operação está na 24ª fase e terá mais algumas pela frente. Os deputados pressionam para que o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), que não deu um pio até agora, se pronuncie e saia em defesa dos parlamentares da Casa. Em tempo: Lira sequer foi avisado sobre a operação pelo ministro Moraes. Em outra frente, a oposição pressiona Lira para colocar em pauta, na volta do recesso, a proposta que limita decisões monocráticas de ministros do STF.

  [COLUNA ESPLANADA] Ex-secretário executivo do Ministério da Justiça, o jornalista Ricardo Cappelli está cotado para assumir o comando da Empresa Brasil de Comunicação (EBC). Ele foi secretário de comunicação quando Flávio Dino governou o Maranhão. Atualmente, a EBC é comandada pelo historiador Jean Lima. A conferir.
[COLUNA ESPLANADA] Cappelli está cotado para assumir o comando da EBC

19/01/2024 11:35

Ex-secretário executivo do Ministério da Justiça, o jornalista Ricardo Cappelli está cotado para assumir o comando da Empresa Brasil de Comunicação (EBC). Ele foi secretário de comunicação quando Flávio Dino governou o Maranhão. Atualmente, a EBC é comandada pelo historiador Jean Lima. A conferir.

   [COLUNA ESPLANADA] O ex-ministro do STF Ricardo Lewandowski tem tido jogo de cintura frente à pressão por cargos no Ministério da Justiça. Agora, são em duas secretarias (Nacional de Justiça e de Direitos Digitais) que partidos governistas querem interferir. Para a Secretaria de Justiça, ventila-se o nome do advogado Jean Uema, braço direito do ministro Alexandre Padilha. Para a outra, pressão é pela permanência da advogada militante Estela Aranha.
[COLUNA ESPLANADA] Lewandowski tem tido jogo de cintura frente à pressão por cargos no MJ

18/01/2024 08:36

O ex-ministro do STF Ricardo Lewandowski tem tido jogo de cintura frente à pressão por cargos no Ministério da Justiça. Agora, são em duas secretarias (Nacional de Justiça e de Direitos Digitais) que partidos governistas querem interferir. Para a Secretaria de Justiça, ventila-se o nome do advogado Jean Uema, braço direito do ministro Alexandre Padilha. Para a outra, pressão é pela permanência da advogada militante Estela Aranha.

  [COLUNA ESPLANADA] A construção da Escola de Sargentos do Exército em unidade de conservação ambiental, proposta durante o Governo de Jair Bolsonaro, está sendo ressuscitada pelo Governo Lula e pode destruir 150 hectares da Mata Atlântica no município de Abreu e Lima. O presidente chega em Recife amanhã e a agenda dele prevê a assinatura de protocolo para a Escola, cuja área é responsável por alimentar o reservatório que abastece um milhão de habitantes. Eleitores do presidente Lula da Silva e até mesmo o PT local são contrários à medida e admitem realizar protestos durante o evento. O ministro da Defesa, José Múcio, tentou, em vão, apaziguar os ânimos, mas não surtiu efeito. O Ministério Público já sinalizou contrariedade à iniciativa e acompanha a situação. Procurado pela Coluna, o Exército não se manifestou até o fechamento desta edição.
[COLUNA ESPLANADA] Construção de escola do Exército pode destruir 150 hectares da Mata Atlântica

17/01/2024 09:52

A construção da Escola de Sargentos do Exército em unidade de conservação ambiental, proposta durante o Governo de Jair Bolsonaro, está sendo ressuscitada pelo Governo Lula e pode destruir 150 hectares da Mata Atlântica no município de Abreu e Lima. O presidente chega em Recife amanhã e a agenda dele prevê a assinatura de protocolo para a Escola, cuja área é responsável por alimentar o reservatório que abastece um milhão de habitantes. Eleitores do presidente Lula da Silva e até mesmo o PT local são contrários à medida e admitem realizar protestos durante o evento. O ministro da Defesa, José Múcio, tentou, em vão, apaziguar os ânimos, mas não surtiu efeito. O Ministério Público já sinalizou contrariedade à iniciativa e acompanha a situação. Procurado pela Coluna, o Exército não se manifestou até o fechamento desta edição.

  [COLUNA ESPLANADA] Exonerado na última semana da secretaria-executiva do Ministério de Minas e Energia, Efrain Pereira da Cruz continuará com assento nos conselhos de administração da Petrobras e da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), com vencimentos mensais acima de R$ 40 mil. Desde que assumiu o cargo, Efrain sofria pressão por ter sido indicação do senador bolsonarista Marcos Rogério (PL-RO).
[COLUNA ESPLANADA] Efrain Pereira continua com assento nos conselhos da Petrobras e da EPE

16/01/2024 09:00

Exonerado na última semana da secretaria-executiva do Ministério de Minas e Energia, Efrain Pereira da Cruz continuará com assento nos conselhos de administração da Petrobras e da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), com vencimentos mensais acima de R$ 40 mil. Desde que assumiu o cargo, Efrain sofria pressão por ter sido indicação do senador bolsonarista Marcos Rogério (PL-RO).


Notas

Tekton

Publicidades