16 ABR 2021 | ATUALIZADO 10:50

Belas Histórias

PMs de Assú encontram envelope bancário com R$ 1700 e devolvem a dona

04/08/2020 09:30

O valor seria usado para pagar as contas do mês da casa da professora Graziele Pollyana. A devolução foi possível porque o número de telefone dela estava escrito no envelope. "O que a gente quer repassar que isso não se trata apenas de uma ação institucional, mas, acima de tudo, de um dever moral que todos devemos ter", disse o cabo Siqueira, um dos 4 policiais que encontraram o dinheiro.

Doceiras doam bolos e lanches a profissionais de saúde de Mossoró

13/04/2020 18:54

O grupo se uniu para produzir as guloseimas e distribuir entre os profissionais que estão trabalhando nas unidades de saúde da cidade. Os lanches já foram entregues no HRTM e em duas UPAs e também contemplarão a maternidade e o hemocentro. De acordo com a empresária Marcella Calixto, é uma forma que elas encontraram para retribuir aos profissionais que estão “colocando sua vida em risco para salvar vidas”.

Potiguar de Tenente Ananias procura família que não vê há 37 anos

08/04/2020 16:43

Maria Tereza Nunes, conhecida como Raimundinha, deixou a cidade do alto oeste aos 14 anos, quando casou e se mudou com o marido para a cidade de Nova Russas, no Ceará. Hoje, aos 51 anos, ela busca notícias do irmãos adotivos.

  Marvin foi atropelado e resgatado por uma ONG de São Paulo. Devido às lesões causadas pelo acidente, o cãozinho precisou ter as duas patas traseiras amputadas. Ele passou mais de 2 anos disponível para adoção, até que o agente de viagens Everton Holanda, da cidade de Mossoró, conheceu a história dele e foi até a cidade de Itapecerica da Serra para adotá-lo.
Conheça Marvin, o cãozinho de duas patas que conquistou o Brasil

12/03/2020 11:49

Marvin foi atropelado e resgatado por uma ONG de São Paulo. Devido às lesões causadas pelo acidente, o cãozinho precisou ter as duas patas traseiras amputadas. Ele passou mais de 2 anos disponível para adoção, até que o agente de viagens Everton Holanda, da cidade de Mossoró, conheceu a história dele e foi até a cidade de Itapecerica da Serra para adotá-lo.

Estudante com paralisia cerebral emociona em discurso na formatura

04/03/2020 08:56

Camyla Micaely Silveira Peixoto concluiu o curso de Licenciatura em Computação e Informática, no Campus Angicos. Acometida por uma paralisia cerebral, ela ingressou na Ufersa em meados de 2016, cumpriu os créditos da graduação no tempo regular e emocionou a banca avaliadora do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) ao apresentar um panorama de suas vivências, dificuldades e, principalmente, superações no trabalho.


Notas

Posto JP Fevereiro de 2021

Publicidades