22 MAI 2024 | ATUALIZADO 23:42

Belas Histórias

  Família consegue arrecadar valor necessário para realizar cirurgia e evitar que adolescente fique cego. Uma grande rede de solidariedade permitiu que, em menos de 48h, a família de Gustavo Cledson Marrocos Ventura, de 16 anos, conseguisse juntar, por meio de doações, a quantia de R$ 12 mil, necessária para a realização de uma cirurgia de retina no adolescente, que pode evitar que ele fique completamente cego. Gustavo perdeu a visão do olho direito aos 13 anos. Recentemente, devido ao agravamento da doença, também começou a perder a visão do olho esquerdo. A irmã do jovem, Jordana Marrocos, informou que a família já entrou em contato com o oftalmologista e o procedimento foi marcado para a próxima terça-feira (22).
Família consegue arrecadar valor necessário para realizar cirurgia e evitar que adolescente fique cego

16/11/2022 16:20

Uma grande rede de solidariedade permitiu que, em menos de 48h, a família de Gustavo Cledson Marrocos Ventura, de 16 anos, conseguisse juntar, por meio de doações, a quantia de R$ 12 mil, necessária para a realização de uma cirurgia de retina no adolescente, que pode evitar que ele fique completamente cego. Gustavo perdeu a visão do olho direito aos 13 anos. Recentemente, devido ao agravamento da doença, também começou a perder a visão do olho esquerdo. A irmã do jovem, Jordana Marrocos, informou que a família já entrou em contato com o oftalmologista e o procedimento foi marcado para a próxima terça-feira (22).

  Adolescente precisa de R$ 12 mil até o dia 21 de novembro para realizar cirurgia e evitar a perda da visão. Gustavo Cledson Marrocos Ventura, de apenas 16 anos, sofre de um quadro chamado “Doença de Coats”, que é causado por um problema nas artérias e veias dentro do olho, que fornecem sangue e oxigênio para a retina”. Ele perdeu a visão do olho direito aos 13 anos e, recentemente, também começou a perder a visão do olho esquerdo. Para evitar que o menino fique totalmente cego, a família iniciou uma verdadeira corrida contra o tempo para realizar uma cirurgia de urgência. Para isso, precisa juntar o valor de R$ 12 mil até a próxima segunda-feira (21), para que o procedimento seja realizado na terça (22); saiba como ajudar.
Adolescente precisa de R$ 12 mil até o dia 21 de novembro para realizar cirurgia e evitar a perda da visão

16/11/2022 10:48

Gustavo Cledson Marrocos Ventura, de apenas 16 anos, sofre de um quadro chamado “Doença de Coats”, que é causado por um problema nas artérias e veias dentro do olho, que fornecem sangue e oxigênio para a retina”. Ele perdeu a visão do olho direito aos 13 anos e, recentemente, também começou a perder a visão do olho esquerdo. Para evitar que o menino fique totalmente cego, a família iniciou uma verdadeira corrida contra o tempo para realizar uma cirurgia de urgência. Para isso, precisa juntar o valor de R$ 12 mil até a próxima segunda-feira (21), para que o procedimento seja realizado na terça (22); saiba como ajudar.

  Policiais militares de Mossoró salvam criança de dois anos vítima de afogamento. Os Sargentos Madson e Silvestre, juntamente com o Cabo R. Soares, do efetivo da 2ª CIPRV, estavam realizando uma blitz na estrada de acesso à Baraúna, quando foram abordados por uma mãe desesperada, informando que a filha havia caído na piscina de casa e estava desacordada. Ao MOSSORÓ HOJE, o Sargento Madson informou que recebeu a criança em seus braços sem respirar e já ficando roxa. Ele afirma que, imediatamente, iniciou as manobras de salvamento, que resultaram na criança expelindo o líquido que havia engolido e voltando a respirar. A menina foi levada às pressas para o Hospital Regional Tarcísio Maia, onde recebeu o atendimento especializado. Graças a ação rápida dos policiais, ela não corre risco de morte.
Policiais militares de Mossoró salvam criança de dois anos vítima de afogamento

14/11/2022 19:02

Os Sargentos Madson e Silvestre, juntamente com o Cabo R. Soares, do efetivo da 2ª CIPRV, estavam realizando uma blitz na estrada de acesso à Baraúna, quando foram abordados por uma mãe desesperada, informando que a filha havia caído na piscina de casa e estava desacordada. Ao MOSSORÓ HOJE, o Sargento Madson informou que recebeu a criança em seus braços sem respirar e já ficando roxa. Ele afirma que, imediatamente, iniciou as manobras de salvamento, que resultaram na criança expelindo o líquido que havia engolido e voltando a respirar. A menina foi levada às pressas para o Hospital Regional Tarcísio Maia, onde recebeu o atendimento especializado. Graças a ação rápida dos policiais, ela não corre risco de morte.

  Grupo de voluntários prepara duas ações ações solidárias para o mês de dezembro em Mossoró. O “Dom de Amar” irá realizar o “Jantar Natalino”, na Praça da Catedral, no dia 14 de dezembro. Já no domingo seguinte, dia 18, os voluntários chegam à Comunidade Camurupim, para servirem almoço e realizarem a entrega de brinquedos e cestas básicas para cerca de 60 famílias da localidade. Ao total, serão mais de 350 pessoas atendidas com as duas ações.
Grupo de voluntários prepara duas ações ações solidárias para o mês de dezembro em Mossoró

11/11/2022 10:26

O “Dom de Amar” irá realizar o “Jantar Natalino”, na Praça da Catedral, no dia 14 de dezembro. Já no domingo seguinte, dia 18, os voluntários chegam à Comunidade Camurupim, para servirem almoço e realizarem a entrega de brinquedos e cestas básicas para cerca de 60 famílias da localidade. Ao total, serão mais de 350 pessoas atendidas com as duas ações.

  Em tratamento contra Leucemia e diagnosticada com mutação rara, Nayne precisa de R$ 420 mil para tratamento.
Em tratamento contra Leucemia e diagnosticada com mutação rara, Nayne precisa de R$ 420 mil para tratamento

09/11/2022 16:40

Nayane Mayara dos Santos, de 33 anos, moradora do município de Major Sales, no interior do RN, foi diagnosticada em março deste ano com Leucemia Mielóide Aguda. Recentemente ela descobriu uma mutação no gene FLT3-ITD, que faz com que a doença não responda ao tratamento convencional, sendo necessário iniciar, com urgência um novo tratamento, com o medicamento Xospata, que não é fornecido pelo SUS. Nayane explicou que uma caixa dele custa R$ 140 mil. Ela precisa de três unidades. Sem condições financeiras para custear o tratamento sozinha, a família de Nayane, que é ASG em uma creche de Major Sales, iniciou uma campanha nas redes sociais, visando arrecadar a quantia necessária para salvar a vida dela.


Notas

Tekton

Publicidades